4 vantagens da tokenização para a sua loja virtual

O varejo virtual já não é mais uma novidade no mercado nacional. Com a popularização dos e-commerces, o segmento vem crescendo cada vez mais, e nos primeiros meses de 2020, ganhou um impulso ainda maior de ido à questão do isolamento social, prática adotada em todo o mundo para a prevenção do novo Coronavírus. Assim, se antes da pandemia os consumidores brasileiros já estavam optando pelas lojas virtuais como canal de compras, agora a tendência é de o e-commerce cresça ainda mais,

Porém, o sucesso traz também algumas preocupações, em especial, a mais frequente de todas em se tratando de transações online: segurança. Não é de hoje que as invasões e vazamentos de informações são uma constante, como podemos ver quase que diariamente na imprensa especializada. Também já há muito tempo que as empresas e usuários buscam soluções nesse sentido, desde as mais complexas e caras até as mais simples e baratas – que também pode ser extremamente efetivas, como é o caso da tokenização.

Mas, afinal, o que é a tokenização?

Em inglês, token significa “símbolo”. Assim, como o próprio nome diz, um token nada mais é que a representação de algo. No caso da linguagem especializada em e-commerce, define-se como token a representação virtual de um cartão de débito ou crédito, um código gerado em tempo real por um algoritmo, que substitui as informações referentes ao cartão por um código alfanumérico, garantindo total segurança nas transações. Esta tecnologia traz vantagens sensíveis para toda a cadeia de valor do varejo virtual, proporcionando confiabilidade de ponta a ponta.

Imagine que você precisa realizar uma recorrência mensal com valores diferentes a cada mês, o seu sistema não precisa armazenar os cartões dos seus clientes em vez disso, você somente armazena o token e a cada nova transação você envia o token e não o dados do cartão. Quer saber mais sobre as vantagens da tokenização?

Siga lendo e conheça 4 de seus maiores benefícios:

1 – Reduz o risco de quebra de segurança e roubo de dados

Os criminosos têm como alvo empresas que aceitam cartões de crédito e débito porque há muita inteligência em informações de pagamento. Hackers têm como alvo sistemas inseguros que contenham essa inteligência, e vendem os dados roubados ou os utilizam para fazer compras fraudulentas.

Os players do varejo online conhecem muito bem os custos da quebra de segurança e do roubo de dados. Para se ter uma ideia do tamanho do problema, de acordo com o Instituto Ponemon, em 2018 o custo médio de uma violação de dados era de US$ 3,86 milhões. Atualmente, de acordo com o Instituto, a cada registro perdido ou roubado contendo informações confidenciais gera um prejuízo de US$ 148.

Com a tokenização, mesmo que um invasor tenha sucesso em quebrar a segurança, os dados pessoais valiosos simplesmente não estão lá para serem roubados. Ou seja, apesar de não proteger diretamente contra uma violação de dados, o uso de tokens reduz as e até mesmo elimina as consequências financeiras de uma violação, já que os dados “reais” simplesmente não podem ser acessados.

2 – Aumenta a segurança da sua recorrência / pagamentos

Os consumidores querem segurança e proteção, onde quer que façam compras. Nesta era em que as fraudes representam ameaças em toda a economia, construir confiança e lealdade começa por manter pagamentos e dados pessoais seguros.

Além de evitar o pior cenário de violação de dados, a tokenização, promove a confiança dos clientes. Os consumidores não querem que seus dados de pagamentos caiam em mãos erradas, e ao utilizar tokens, as empresas demonstram um forte compromisso com a segurança dos dados de seus clientes.

No seu servidor somente deverá ficar armazenado o token que em geral serve apenas para uma venda ou restrito apenas a conta do loja.

3 – Menos burocracia

As empresas que aceitam cartões de crédito e débito precisam estar em conformidade com a norma PCI DSS (Payment Card Industry Data Security Standard). O PCI DSS busca reduzir a retenção de dados sensíveis e administrar com segurança o seu armazenamento e exclusão. A tokenização satisfaz estes requisitos, uma vez que nunca permite que as informações sensíveis do portador do cartão sejam expostas.

Trabalhar com um fornecedor compatível com PCI garante uma abordagem inteligente para a segurança dos pagamentos, permitindo que você se concentre no crescimento do seu negócio enquanto seu parceiro de pagamento reduz a burocracia para ajudar a manter tudo em conformidade com as normas vigentes.

4 – Impulsiona inovações em pagamentos

A tecnologia por trás da tokenization vem se tornando essencial para o mundo atual, trazendo segurança para a as transações virtuais, que já mudaram a forma compramos e vendemos hoje. Desde a aceitação segura no ponto de venda da loja até os pagamentos em movimento. A tokenização torna o pagamento via dispositivos móveis mais fácil e seguro:

Quando os consumidores pagam com uma carteira móvel como a Apple Pay ou Google Pay, os dados de seu cartão de crédito pessoal são armazenados em seu smartphone como um token. A segurança adicional vem dos próprios smartphones, que hoje em dia contam com a segurança biométrica e outras medidas avançadas de autenticação.

Obtendo as vantagens da tokenização

Em resumo, podemos afirmar, sem sombra de dúvida, que a A tokenização é pedra angular do ecommerce, ja que torna os pagamentos mais seguros e melhora a experiência do em todos os sentidos. Se sua empresa quer contar com esta tecnologia disruptiva e inovadora, o melhor caminho é procurar por um parceiro adequado. Entre em contato conosco e saiba mais sobre a tokenização como ferramenta para proteger o seu negócio e garantir a confiança de seus clientes.

Artigos recomendados